Projeto Robótica Criativa: Explorando a Tecnologia e Criatividade

Na cidade de Manaus está situada a Zona Franca, um parque industrial que agrega indústrias de alta tecnologia, gerando mais de meio milhão de empregos, principalmente nos segmentos tecnológicos e eletroeletrônicos. Ainda, o Governo do Estado possui o Projeto Bio Distrito Agroindustrial, com foco na sustentabilidade e geração de emprego e renda a ser implementado nos municípios do Estado. Porém, a realidade da empregabilidade na região é impactada pela ausência de pessoas capacitadas, com qualificação profissional capaz de corresponder com os requisitos dos cargos disponíveis. Grande parte das vagas de emprego são destinadas às juventudes, porém muitos jovens não são selecionados para as vagas devido a ausência de oportunidades para a qualificação, capaz de ajudar na comprovação de suas potencialidades. O contingente de jovens, no Brasil, que não estuda e nem trabalha é um indicador importante não apenas da vulnerabilidade juvenil, como também para medir a perda de potencial de produtividade de uma economia – no presente e ao longo prazo, já que se trata de uma força de trabalho que pode atuar por décadas. O Projeto Robótica Criativa: Explorando a Tecnologia e Criatividade foi idealizado para iniciar o enfrentamento da vulnerabilidade socioeconômica das juventudes, convergindo com a oportunidade de favorecer, a esse público, a preparação para o mercado de trabalho, fomento ao empreendedorismo e economia criativa. A qualificação profissional em robótica e tecnologias aumenta a possibilidade da inclusão do jovem no mercado de trabalho formal. O objetivo da proposta busca oportunizar a inclusão tecnológica às juventudes em situação de vulnerabilidade socioeconômica presentes nos bairros com contexto periférico na cidade de Manaus, preparando-os para o mercado de trabalho, com estímulo ao empreendedorismo e exercício da cidadania. O público-alvo, em foco, são as juventudes que se autodeclararem pertencentes a grupos em situação de vulnerabilidade ou minorias. Isso inclui indígenas, migrantes, imigrantes, refugiados, ribeirinhos, além de mulheres, homens cis, pessoas LGBTQIAPN+ e quilombolas. A diversidade do público reflete o compromisso do projeto com a inclusão social e o empoderamento de grupos historicamente marginalizados. Espera-se que o projeto não apenas forneça habilidades técnicas valiosas para os participantes, mas também contribua para a construção de uma sociedade mais inclusiva e equitativa.

O financiamento contribuirá para: 

   Pagamento dos salários dos profissionais; aquisição de equipamentos tecnológicos; materiais didáticos.

0% funded
Plugin Multi Moeda
R$
Selecione o método de pagamento
Informação pessoal

Informações de cartão de crédito
Este é um pagamento seguro e criptografado por SSL.

Total da doação: R$100

Seja nosso parceiro e Compartilhe este projeto